5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea

Cada vez mais popular, a importação aérea é destaque no mundo devido sua agilidade e segurança na entrega. Não sabe por onde começar? As 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea vão te auxiliar nesse processo. O primeiro passo é entender o que é esse modal. A importação aérea é uma opção de transporte de cargas em aeronaves, geralmente aplicada para cargas de maior valor agregado. O crescimento do serviço é tão convicto que aeroportos e aeronaves já atuam com estruturas tão completas e modernas quanto portos e navios, que atualmente são os mais utilizados no processo de importação. Outros benefícios que fazem da importação aérea tendência é a garantia do código de rastreio e cobertura em regiões pouco acessíveis.

Agora que já sabe o que é e quais são os benefícios do modal, fique atento aos próximos passos. O processo demanda atenção e cuidado com operações complexas. Acompanhe abaixo 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea.

Conheça os passos da importação aérea no Brasil

Entre as mais importantes das 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea, é aconselhável conhecer o caminho que a encomenda percorrerá do país de origem até o destino final. No caso de importação para o Brasil, os processos começam antes da entrada na aeronave. Alguns produtos necessitam de autorização prévia de órgãos específicos. É o caso de armas, remédios e produtos perecíveis. Se ignorar esse processo, haverá o risco de a encomenda ser bloqueada no aeroporto até a autorização ser providenciada. Ainda antes do embarque, é necessário ter atenção a detalhes como se a embalagem e documentos de exportação estão em conformidade com a legislação brasileira. Com o embarque concluído, a companhia aérea irá fazer o registro no CCT Aéreo e, logo que o avião pousar, é adicionado o dia, a hora e o terminal em que a carga ficará. Após os processos de recebimento de carga e conhecimento da Receita Federal, o produto é liberado para retirada do importador ou, quando solicitado, envio até o ele.

5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea: a base do sucesso é um bom planejamento

A importação aérea só é bem-sucedida quando acompanhada de uma logística estruturada nos mínimos detalhes. Apesar de importante e repleto de benefícios, saiba que esse serviço costuma ter um custo elevado em comparação aos seus concorrentes. Será que você precisa investir esse valor? Comece listando os motivos que o fazem optar pelo modal. Precisa de agilidade na entrega? Estamos falando de cargas sensíveis? Se a resposta for sim, siga por esse caminho. Outras etapas do planejamento como fretes, novidades e auxílio de uma empresa você continuará lendo nas 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea. Entretanto, parte desse processo que costuma passar despercebido é o Peak Season. A expressão significa alta temporada. É usada para indicar quando a procura está mais alta do que a oferta. As consequências são aumento nos valores dos fretes e, muitas vezes, até falta de espaço nos transportes. Evite importações em férias, feriados e datas comemorativas. É o exemplo de dezembro, com o Natal e Ano Novo em boa parte do mundo. Férias no meio do ano na Europa, e feriados como Independência dos Estados Unidos em julho e o feriado Chinês em fevereiro.

Nem todos os fretes são iguais

PAX, IATA ou CAO? Essas siglas são importantes para acertar no frete aéreo e não poderiam ficar de fora das 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea. O PAX (Passenger Aircraft) é o serviço mais conhecido. As importações são enviadas em voos comerciais, no compartimento de cargas da aeronave. Para isso, é necessário estarem enquadradas nos requisitos impostos pelo IATA (International Air Transport Association). Quando as mercadorias são classificadas como perigosas ou ultrapassam a capacidade de peso e altura do PAX, é indicado o voo cargueiro, serviço conhecido por CAO (Cargo Aircraft Only). Há ainda o adicional do prazo de entrega, com duas opções: o “express”, que as encomendas são preferencialmente despachadas nos voos, mas contam com um valor maior. E o “standard”, que o custo é menor, mas não são prioridades nas entregas. Provavelmente, a decisão será baseada na urgência de entrega e as especificações da carga.

Você está lendo 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea.

Novidades na importação aérea

Quem atua com comercio exterior conhece a necessidade do uso de sistemas nos processos de importação e exportação. No caso do modal aéreo, há mais de 25 anos esse serviço é responsabilidade do Siscomex Mantra. Mas, acompanhando o avanço tecnológico, o CCT virá para substituir o antigo sistema com principal objetivo de aumentar a segurança, simplificar os controles e eliminar burocracias. Quando lançada, a ferramenta será responsável pela operacionalidade do transporte e sua relação com o poder público. Os benefícios serão redução nos prazos de importação e exportação e consequente otimização nos custos das mercadorias. Estar atualizado também é importante e faz parte das 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea.

São muitos os detalhes que envolvem o processo desse modal. Com as 5 dicas para ter sucesso em uma importação aérea você deve ter notado que pequenos erros durante a operação podem resultar em grandes prejuízos para a empresa. Mas, quando realizada corretamente, é bastante favorável. Se ainda não se sente seguro e com conhecimento para seguir sozinho, a dica é contar com o auxílio de uma empresa especializada em transporte aéreo. Procure por profissionais experientes e processos bem alinhados. Sempre haverá opções pensadas para atender a sua necessidade.

Iara Neme

Graduada em Relações Internacionais e Comércio Exterior. Produtora de conteúdo na página ComexLand com experiência de mercado na área comercial, de logística e importação.

adana eskort - eskort adana - mersin eskort - eskort mersin - adana eskort bayanadana eskort - eskort adana - mersin eskort - eskort mersin - adana eskort bayan